Preparadores de refeições rápidas preparam e confecionam para consumo uma gama limitada de alimentos

ou bebidas que envolvem processos de preparação simples e um pequeno número de ingredientes. Podem também receber pedidos de clientes e servir em balcões ou à mesa.

Probabilidade de risco baseado no estudo seminal de Frey e Osborne

Descrição do Grupo Profissional e ocupações similares

Assistentes de preparação de alimentos

Assistentes de preparação de alimentos preparam e confecionam para consumo uma pequena variedade de alimentos pré-cozinhados, limpam mesas ou áreas de cozinha e lavam loiça.

  • Cozinheiro de refeições rápidas
  • Fabricante de hambúrgueres
  • Pizzaiolo/Pizzaiola

Informações básicas

A conexão entre máquinas alimentares e a Internet das Coisas (do Inglês, Internet of Things, IoT) está a gerar um número incrível de novas possibilidades mas, prevê-se que a procura por assistentes de preparação de alimentos continue a crescer, em sintonia com o ritmo de crescimento económico até 2026 (Occupational Outlook Handbook, 2018) ainda que vários líderes do setor, incluindo Pizza Hut, KFC e Taco Bell, afirmem que a automação substituirá estes profissionais até meados de 2020 (CNBC, 2017) e várias outras cadeias de fast-food tenham já criado quiosques de self-service (Brookings, 2016). Ainda assim, as ocupações em maior risco não são aquelas relacionadas com a fase de preparação de alimentos, mas sim aquelas relacionadas com o atendimento, preparação e entrega. Na verdade, a tecnologia não é ainda madura o suficiente para entrar no complexo mundo da cozinha em larga escala (Tech Emergence, 2018). 

Exemplos de caso