A plataforma do projeto Jobs for Worl4.0 é constituída por 50 profissões selecionadas de forma a abranger a maior parte das ocupações ameaçadas pela automação. Estas são baseadas na mais recente iteração (2008) da ISCO (International Standard Classification of Occupations) que é usado na europa como classificação oficial pela ESCO (European Commission)

Estas diretrizes de sensibilização foram desenvolvidas por um consórcio de 7 países no âmbito do projeto europeu Jobs for Work 4.0 (Portugal, Itália, Chipre, Eslovénia, Irlanda, Eslováquia e Áustria). As diretrizes contêm 50 ocupações em risco de automação e digitalização com base no estudo seminal de Osborn e Frey de 2010 e categorizados pelo ISCO-08 da Organização Internacional do Trabalho

A amostra das ocupações foi escolhida com base em 4 critérios

  • Ocupações importantes nas economias dos respetivos países

  • Os resultados do output 2 (Diretrizes de sensibilização) do projeto sobre o futuro dos empregos

  • Ocupações relacionadas com avanços tecnológicos, para os quais através dos mídia mostraram o seu potencial para revolucionar determinada ocupação ou até mesmo um setor de mercado

  • Exemplos de empresas ativas que desenvolveram produtos e demonstraram a maturidade e disponibilidade da respetiva tecnologia