Os assistentes e vendedores em loja vendem uma gama de bens e serviços diretamente ao público ou em nome de estabelecimentos retalhistas e atacadistas, 

explicam as funções e qualidades desses bens e serviços (ILO, 2018).

Probabilidade de risco baseado no estudo seminal de Frey e Osborne

Professional Group characteristics and similar occupations

Vendedores em lojas

Os vendedores em  loja vendem uma gama de bens e serviços diretamente ao público ou em nome de estabelecimentos de retalho ou atacadistas, explicam as funções e qualidades desses bens e serviços e podem gerir pequenas lojas ou supervisionar as atividades dos assistentes de loja e caixas (ILO, 2018).

  • Comerciantes
  • Supervisores de loja
  • Assistentes de vendas (estabelecimento de retalho)
  • Vendedores (venda por atacado)

Informações básicas

Embora um bom assistente de vendas seja uma contribuição inestimável para o retalho, com a migração de grande parte do público consumidor para o comércio digital, o crescimento desta ocupação tem sido sufocado, com uma tendência de crescimento ténue de apenas 2% nos EUA (Occupational Outlook Handbook 2018).

Assistentes de vendas virtuais, essencialmente chatbots usando linguagem natural, análise preditiva, acesso a dados personalizados e munidos de uma grande capacidade de aprendizagem são veiculados como a próxima grande inovação ao nível do retalho online, muito embora, até agora, ainda não se tenham verificado os benefícios exponenciais que os seus preconizadores prometem (FT, 2016). No entanto, os grandes retalhistas ainda não vêm um adequado Retorno sobre o Investimento capaz de motivar a total adoção de novas tecnologias, como chatbots ou assistentes robóticos. A adoção futura basear-se-á no sucesso das tecnologias implementadas pelos retalhistas online, como a Amazon (Tech Emergence, 2018).

Exemplos de caso